26 de setembro de 2018

ESTUDOS LITERÁRIOS FAMASUL


Teoria da Literatura I

Com base nos textos abaixo, apresente as principais diferenças encontradas nos estudos literários (se Historiografia, Teoria, Crítica ou Análise Literária). Média 15 linhas

Texto 1

O Soneto de Fidelidade de Vinicius de Morais representa uma das mais belas páginas de nossa literatura. Parece perfeito e atual, terminando com a chave de ouro: “Mas que seja eterno enquanto dure” ao passo que destaca um momento elevado da maestria do seu autor. Sua grandiosidade e encantamento ultrapassam o seu tempo quando sugerem uma perfeita forma de amar.


Texto 2
O Soneto de Fidelidade de Vinicius de Morais trata da dedicação sem medida ao amor puro e sem mácula. Começa dizendo que “De tudo ao meu amor serei atento” e segue com as declarações amorosas até o último verso: “Mas que seja eterno enquanto dure”, ainda que considere o amor verdadeiro como uma chama que um dia se apaga, mas que se eterniza enquanto forma de amar.


23 comentários:

  1. O Soneto é uma pequena composição poética composta por 14 versos, com número variável de sílabas. O poema Soneto de FIDELIDADE, é da autoria de VINICIUS MORAES, o mesmo abrange os sentimentos de Amor e Fidelidade.

    "O Soneto de Fidelidade de VINICIUS MORAES umas da mais belas páginas" nessa pequena parte do comentário(analise), ao elogiar ("belas páginas") a obra do artista, é nítido que além de uma analise é feita uma crítica a obra. A crítica, não necessariamente precisa ser algo negativo, surge-se também de algo positivo.

    Já no segundo texto, é uma analise Literária, onde não a critica na mesma, pelo fato, torna-se mais concreta, por não ter nenhuma crítica, tanto positiva, quanto negativa.

    Pela observação dos aspectos analisados, nota-se, que uma crítica além de analisar ela faz crítica a obra seja ela, negativa ou positiva. E a Literária é mais concreta.

    OBS: Quando falo que ela é concreta quero dizer que a mesma é limpa, e não possui crítica, é apenas baseada na obra.

    ResponderExcluir
  2. Ao optar pelo soneto o autor deixa claro sua ligação com a estética parnasiana, logo pode-se perceber na composição de Vinícius de Moraes encadeamento sintático ou cavalgamento.

    O primeiro texto trata-se de uma crítica , é uma disciplina que analisa e valoriza seja positivamente ou negativamente dentro da literatura, se mostra presente entre linhas em seus elogios ao autor.

    O segundo texto análise literária está nítido que no texto se identifica seu contexto, a partir daí determina o tema, a estrutura e a forma do texto.

    ResponderExcluir
  3. Crítica literária é uma análise da obra, é onde o crítico pode avaliar de forma positiva ou negativa, podendo também opinar.
    Já a análise literária é o processo de compreensão de uma obra. É onde ocorre a análise dos personagens, do tempo e do espaço, no entanto, na análise não ocorrem desmerecimentos nem elogios, não pode opinar.
    O primeiro texto, logo no início dele, onde o autor diz: “... representa uma das mais belas páginas de nossa literatura...”, já é revelado que se trata de uma crítica literária, porque o autor faz um julgamento, uma avaliação da obra que neste caso, ele a avaliou de forma muito positiva, engrandecendo e destacando-a como uma das mais belas.
    O segundo texto trata-se de uma análise literária, porque o autor fala a respeito da obra, porém, em nenhum momento ele descreve a obra como sendo boa ou ruim, ele não faz elogios, tampouco, desmerece a obra.
    Os dois textos falam sobre Soneto de fidelidade de Vinícius de Morais, a diferença entre eles é que enquanto, o primeiro que é uma crítica literária, pôde haver uma avaliação positiva da obra, no segundo não há essa avaliação por se tratar de uma análise literária, onde se fala da obra, porém, não pode descrevê-la como boa ou ruim.

    Edlene Lourdes.
    2º período de Letras.

    ResponderExcluir
  4. Crítica literária é onde alguém mostra sua opinião criticamente, julgando o valor, seja de forma positiva ou negativa. Já a análise literária, consiste em avaliar e reconhecer os aspectos que compõem uma obra sem expor o ponto de vista.
    Baseando-se nestes conceitos, percebe-se que o primeiro texto trata-se de uma crítica literária, pois nele o autor exalta a obra de Vinícius de Morais explicitando sua opinião quando diz: "... parece perfeito e atual..." ele está criticando a obra positivamente.
    O segundo texto, por sua vez, trata-se de uma análise literária, pois em momento algum o autor opina sore a obra, ele apenas analisa o texto e fala da dedicação de Vinícius ao compor o poema.
    Tendo em vista os aspectos apresentados, entende-se que, o primeiro texto é uma crítica pelo fato de haver a opinião do autor e o segundo, uma análise porque o autor não expõe seu ponto de vista.

    ResponderExcluir
  5. Camila Leticia

    No primeiro texto, encontra-se uma crítica literária que é onde eu julgo ou avalio positivamente ou negativamente uma obra. Nesse texto, ele enaltece dizendo que o soneto de fidelidade de Vinícius de Morais parece perfeito e atual, logo em seguida, finaliza dizendo que sua grandiosidade e encantamento ultrapassam o tempo na perfeita forma de amar.
    No segundo texto, encontra-se uma análise literária que é apenas informar o que foi dito numa obra, sem qualificar ou criticá-la. Ele cita o que a obra começa dizendo, com passagens entre aspas tiradas igual estava exposta, e fala das declarações amorosas ditas como um todo.
    Analisando os dois textos, o primeiro é uma crítica literária onde se expõe opinião. Já o segundo uma análise literária onde não pode haver um ponto de vista.

    ResponderExcluir
  6. Diante de todas explicações e leituras compreendidas, percebe-se que o texto 1, é um texto crítico, pois o mesmo expõe conceitos de julgamento de valor, e ao mesmo tempo não. Sendo ele uma obra, com pontos positivos e pontos negativos.
    " Belas páginas " um comentário, onde valoriza as obras criadas pelo autor.
    " Parece perfeito " um comentário, onde não é satisfatório, surgindo assim, algo que deixe a desejar.

    Já no segundo texto, percebe-se, que não a críticas, onde expõe e torna algo concreto por não conter críticas diversas, nem negativas e nem positivas, por isso faz-se necessário expressar, que o mesmo se torna análise literária.

    Sendo assim, observando e analisando, nota-se que as críticas, pode ser compostas de análises críticas, seja ela positiva ou negativa. E a análise literária é a parte concreta, onde não expõe críticas sobre o mesmo .

    ResponderExcluir
  7. Maria Alícia de Melo2 de outubro de 2018 02:19

    Crítica literária é quando alguém expressa sua opinião julgando uma obra de maneira positiva ou negativa. Já na análise literária compõe-se em interpretar e compreender a obra sem expressar sua opinião sobre a mesma.
    Mediante a essas concepções compreende-se que o primeiro texto , o autor expressa uma crítica literária,visto que o autor com entusiasmo e maestria enfatiza a obra de, Vinícius de Moraes. Soneto de Fidelidade.
    "...Uma das mais belas páginas da nossa literatura..." É evidenciado que a frase apresentada mostra-se como uma crítica literária, pois o autor faz uma avaliação a obra atribuindo-lhe a explanação de sua opinião, o autor avaliou a obra Soneto de Fidelidade de, Vinícius de Moraes de maneira positiva elevando a exuberância da obra.
    No segundo texto, é perceptível uma análise literária, porque o autor apenas analisa a explanação do soneto sem envolver sua opinião. É feita apenas uma análise do autor mostrando unicamente ao que a obra explana sem expor sua opinião de modo, prazerosa ou insatisfatória, sobre o poema.
    Desta forma, no primeiro texto foi feita uma crítica literária porque o autor atribuiu plausível exaltação a obra de maneira positiva.
    Já no segundo texto, é feita uma análise literária onde o autor não atribui nenhum enaltencimento ou desvalorização a obra.

    ResponderExcluir
  8. Ramon Antônio dos Santos Lopes2 de outubro de 2018 11:26

    Diante dos estudos literários que se deve fazer, existem em suas características a Historiografia, Teoria, Crítica e Análise literária. Ao lermos um comentário sobre algum poema, devemos sempre observar se este comentário está se dirigindo em forma de História do Poema, Teoria do poema, de uma crítica ou de uma analise. Na qual, diante dos dois textos apresentados temos o seguinte, no texto 1, a Critica literária e no texto 2, uma análise literária.
    No texto 1 devemos observar que se trata de uma crítica literária para o bem e enaltecendo o poema, quando o autor retrata logo ao inicio o seguinte trecho “ representa uma das mais belas páginas de nossa literatura” dando uma continuidade e engrandecendo o poema de Vinicius de Moraes comentando ser perfeito e atual, mesmo este poema sendo escrito no ano de 1946, destacando também que ao encerrar o soneto fora “Um momento elevado da maestria do seu autor”, sendo por tanto e encerrando uma bela e majestosa Critica Literária colocando o Soneto de Fidelidade como “Uma perfeita forma de amar”.
    Já no texto 2, como fora descrito acima, é destacado como uma análise literária, pois diferentemente do texto 1 ele nos mostra como o soneto foi escrito de forma a destacar o amor puro sem medida e sem mácula, mostrando que ao início do poema de Vinicius de Moraes se retrata de que a pessoa que ele ama irá ter toda a sua atenção, destacando apenas todo o seu contexto ou a sua poesia como forma de forma de amar, para nos fazer sentir o amor, mesmo que seja “como uma chama que um dia se apaga, mas que se eterniza enquanto forma de amar.” Sendo por fim o texto 2 uma análise literária.

    ResponderExcluir
  9. O soneto, no primeiro texto, o autor deixa bem perceptível que é uma CRÍTICA LITERÁRIA, pois ao iniciar a leitura ele já deixa bem notório que é "perfeito e atual", uma crítica literária pode ser negativa ou positiva, pois, críticas não são pendentes apenas à um lado. Pode ser qualquer um dos dois, desde que o autor ou crítico deixe exposta sua opinião com fundamento no texto, o primeiro texto eu acredito que seja uma crítica literária.
    O segundo texto é uma análise literária, pois, o autor explicou o texto do início ao fim sem dar sequer uma opinião, apenas mostrando e dizendo que Vinicius de Moraes continuou fazendo declarações amorosas até o fim do poema. Não falou de positividade ou negatividade. A análise literária é a "explicação" do texto sem dar uma opinião positiva ou negativa.

    ResponderExcluir
  10. Cícera gessica nunes2 de outubro de 2018 13:17

    No texto I fala sobre o soneto de Vinicius de Morais,onde nota-se facilmente que há uma crítica de valor quando dis respeito ao poema. O autor ressalta "o soneto de fidelidade de Vinicius de Morais representa uma das mais belas páginas de nossa literatura".Desta forma há uma atribuição de que esta obra tem mérito e alcançou o leitor com seu belo poema de amor.
    Já no tento II trata-se de uma análise literária do poema , onde não contém críticas negativas nem positivas . O texto .
    Nome:cícera gessica nunes

    ResponderExcluir
  11. Edlene Paulino Barreto2 de outubro de 2018 14:14

    A Crítica literária análisa a obra de forma onde o autor se expressa destacando os seus aspectos positivos ou negativo dependendo da opinião do crítico em questão. A análise literária consiste em dizer aquilo que pertence ou que é relativo a literatura. Tem como função reconhecer os vários aspectos que compõem uma obra. O primeiro texto, trata-se de uma crítica literária, onde houve uma expressão a opinião da obra, de forma positiva onde a colocação do autor é nítida. No segundo texto,nota-se que trata-se de uma análise literária, onde há informações sobre a obra pois o autor não se posiciona a nenhum tipo de opinião, há apenas uma análise.

    Aluna:Edlene Paulino Barreto

    ResponderExcluir
  12. Nos textos acima encontramos a crítica literária e a análise literária. A crítica destaca os aspectos positivos e as características negativas de um determinado tema dependendo da opinião do crítico. Já a análise literária consiste numa avaliação geral sem expor a opinião do crítico.

    No primeiro texto temos uma crítica literária sobre o soneto de Vinicius de Morais onde o crítico destacou "Uma das mais belas páginas de nossa literatura. Parece perfeito e atual. Sua grandiosidade e encantamento. " Sendo assim encontramos aspectos positivos sobre o soneto.

    Já no segundo texto temos uma análise literária pois faz uma avaliação geral do soneto sem expressar opinião positiva ou característica negativa.
    Aluna: Maria Isabelly

    ResponderExcluir
  13. Karollaynne Geovanna2 de outubro de 2018 15:23

    Crítica literária é onde o autor expõe sua opinião, podendo ela ser a valorização positiva ou negativa das obras. Já a análise literária é o processo em que consiste na compreensão de uma obra, onde não se pode opinar.
    No primero texto, nota-se claramente que é uma crítica literária, onde o autor diz "... representa uma das mais belas páginas de nossa literatura..." Deste trecho já percebemos que ele faz uma crítica positiva ao soneto de Vinicius de Morais.
    No segundo texto, o autor faz uma análise literária, pois ele não expõe sua opinião sobre o soneto.
    Portanto percebe-se que os dois textos falam sobre o mesmo soneto,a única diferença é que no primero texto o autor faz uma crítica literária, já no segundo ele faz uma análise literária.

    ResponderExcluir
  14. Podemos dizer que a crítica literária analisa e expõe:realiza um estudo das características dos textos para depois divulgar os seus acertos e as suas falhas. O resultado supõe a valorização positiva ou negativa das obras. Não se trata de defender que um livro é bom só "porque sim", mas o crítico deve desenvolver os motivos que o levaram a estimar dessa forma o trabalho literário.
    Já a análise literária é o exame de uma realidade suscetível de estudo intelectual que, através da distinção e da separação das suas partes, permite conhecer os seus elementos constituintes e princípios. Por conseguinte consiste numa avaliação com vista a esmiuçar e a reconhecer os vários aspectos que compõem uma obra. Este trabalho consiste em examinar o argumento, o tema, a exposição, o estilo, e outras questões.
    Nota-se que no primeiro texto há uma crítica literária positiva, quando o autor diz que o poema "...representa uma das mais belas páginas de nossa literatura...", ele está fazendo um julgamento favorável a obra, engrandecendo-a e ressaltando-a como uma das mais belas.
    No segundo texto é perceptível que o autor está fazendo uma análise literária, o mesmo fala da obra, determinando o tema, a estrutura e a forma do texto, mas não faz nenhum tipo de julgamento.
    Sendo assim é atribuído ao primeiro texto uma crítica literária, onde o autor exalta a obra. No segundo houve uma análise no seu contexto geral, e em momento algum ele expôs seu ponto de vista.

    ResponderExcluir
  15. Mediante ao assunto estudado sobre análise literária e crítica literária, aprendo que, um crítico literário se expressa através de um meio de comunicação escrito ou oral,onde analisa e valoriza seja positivamente ou negativamente uma obra literária. Já análise literária, entende-se que é um resumo de um texto em suas partes construtivas,para perceber o valor e o relacionamento que guardam entre si e para melhor compreender,interpretar e sentir a obra como um todo completo e significativo.Observando o texto 1 o autor deixa claro que é uma crítica literária, onde o autor faz o julgamento de Vinícius de Moraes.E o texto 2,obviamente é uma análise literária,onde o autor informa sobre uma obra sem qualificar ou critica-la.

    Aluna: Aretusia Patrícia da Silva.

    ResponderExcluir
  16. Análise literária é o processo de compreensão de uma obra de ficção. Já a crítica analisa e valoriza positivo/negativamente uma obra literária.
    Mediante os mesmos, após fazer uma leitura nos dois textos, percebi suas diferenças literárias.
    No texto 1, tratasse de uma crítica, que mesmo está obra ser de época, de como o amor era sentido, explorado, o autor engrandece o poema citando que o mesmo "parece perfeito e atual", e que o soneto de Fidelidade de Vinícius de Morais representa uma das mais belas páginas de nossa literatura. É nítido que o autor está julgando a obra de forma positiva.
    Já no texto 2, frisa uma forte análise literária, pois desta vez, não tem a existência de crítica, evidenciando as infinitas maneiras de amar, de tal forma que é extremamente puro e verdadeiro o seu desfecho, ou seja, o autor se posicionou, mais em nenhum momento julgou a obra com algo positivo ou negativamente.

    Aluna: MARIA RENATA SOARES MONTEIRO SILVA

    ResponderExcluir
  17. CORILAYNE MARÍLIA DA SILVA BISPO2 de outubro de 2018 23:47

    Ao lermos o texto 1, percebemos que a característica desse texto é de uma crítica literária, porque o autor do texto 1 ao analisar a obra literária de Vinicius de Morais, está destacando e expondo os aspectos positivos, no que se refere a:

    “O Soneto de Fidelidade de Vinicius de Morais representa uma das mais belas páginas de nossa literatura.”

    Nota-se que quando o texto 1 diz que o Soneto, “representa uma das mais belas páginas de nossa literatura” o autor do texto está apontando um ponto positivo e consequentemente atribuindo valor a está obra, ao decorrer da leitura ainda percebemos a supervalorização do autor da crítica à obra, quando no texto 1 diz assim:

    “Sua grandiosidade e encantamento ultrapassam o seu tempo quando sugerem uma perfeita forma de amar.”

    No texto 2, ao ser lido e analisado em seus aspectos textuais, percebemos facilmente que não é atribuído valores nem positivo, nem negativo, fazendo uma análise rápida e clara sobre o Soneto de Fidelidade de Vinicius de Morais, expondo as características num todo em relação ao Soneto, sem dizer se ele é bom ou ruim. Em outras palavras, o texto 2 faz uma avaliação esmiuçando e reconhecendo os vários aspectos intelectuais textuais, que compõem a obra de Vinicius sem atribuir valor algum a obra. Nesse caso, o texto 2 é uma análise literária.

    ResponderExcluir
  18. A critica literária é uma análise positiva ou negativa de uma obra literária.
    No primeiro texto , é perceptível que ele enaltece o soneto de Vinicius de Morais, avaliando e opinando sobre as características da produção literária, e classificando como "perfeito e atual".
    Análise literária é uma forma de compreender e interpretar a obra como um todo completo e significativo. E isso se evidencia no segundo texto, onde o autor explica o texto sem dar sua opinião.Apenas mostrando coisas evidentes no texto e explicando, sem nenhum tipo de posicionamento.

    Eduardo Morais Pontes Filho
    2 Letras

    ResponderExcluir
  19. Crítica Literária é quando analisa e valoriza uma obra literária seja ela positiva ou negativa, consequentemente expressando através de um meio de comunicação escrito ou oral. Já a Análise Literária possibilita identificar informações explícitas e implícitas no texto.
    Diante dessa análise literária pude perceber a CRÍTICA LITERÁRIA existente no primeiro texto, pois nele o autor Vinícius de Moraes deixa claro sua opinião quando fala “... Representa uma das mais belas páginas de nossa literatura”, avaliando e explicitando de forma positiva a obra.
    O segundo texto, encontra-se uma ANÁLISE LITERÁRIA, onde o autor apenas analisa a obra e não expõe críticas sobre a mesma, sem apresentar pontos negativos e positivos, destacando apenas a sua poesia como forma de amar.
    Portanto, percebe-se que no primeiro texto o autor expressa sua opinião a respeito da obra, no segundo texto apenas expõe as diferentes maneiras de amar, não atribui nenhuma crítica a respeito do mesmo, sendo ela positiva ou negativa.

    Aluna: Maria Danyelma Cabral

    ResponderExcluir
  20. Ambos os textos mencionam o Soneto de Fidelidade, de Vinícius de Moraes, tendo como principal diferença, o seguinte fato de que um texto trata-se de uma Crítica Literária e o outro de uma Análise Literária.
    No primeiro texto, fica inequívoco que se trata de uma CRÍTICA LITERÁRIA e valoriza seja positivamente ou negativamente uma obra literária. Neste texto, ao citar "belas páginas" e "parece perfeito e atual", é notório que a avaliação feita pelo autor, relacionando-se a obra, é positiva. Pois o autor deste texto não deixa de mencionar a grandiosidade, o encantamento é a contemporaneidade que Vinícius de Moraes emprega em seu texto.
    Já no segundo texto, trata-se de uma ANÁLISE LITERÁRIA, está análise é o ato de decompor um texto, no intuito de observar cada componente que o constitui, nesta análise não cabe a avaliação positiva ou negativa, tampouco críticas.
    Portanto, observa-se que no primeiro texto o autor declara sua opinião a respeito da obra, já no segundo texto apenas expõe as diferentes maneiras de amar, não faculta nenhum tipo de posicionamento.


    Aluna: Davylla Mickaelly da Silva Lima

    ResponderExcluir
  21. O texto 1, apresenta uma crítica literária a obra de um dos principais representantes do movimento modernistas do Brasil, marcado pela segunda guerra mundial e pelas mudanças sociais. A crítica literária tem por objetivo destacar nas obras seus pontos positivos e negativos, defendendo a opinião do crítico em questão. No comentário feito pelo crítico, ele expressa seu ponto de vista, sobre o soneto Fidelidade de Vinícius de Morais. Onde destaca "... parece perfeito e atual..." nota-se então, a opinião positiva do crítico.

    O texto 2 no entanto, refere- se a uma análise literária, onde de forma explícita o crítico trás para o leitor uma visão simples e clara do soneto Fidelidade de Vinícius de Morais, destacando o porquê dele ter usados os recursos linguísticos empregados e qual a intenção. No inícios, é destacado o tipo de amor que o poeta retrata, um “amor puro e sem mácula”. Onde o eu lírico jura devoção a esse amor. No final, explica de forma clara o paradoxo deixando pelo poeta, onde o infinito se eterniza em fidelidade enquanto existe amor.

    Jane Kelly Maria da Silva Lima
    2° período letras

    ResponderExcluir
  22. Observando os fatos apresentados no texto. Compreende-se que em primeira mão o texto:1, é uma crítica. Pois há de fato a opinião clara do autor. Diferente do segundo texto. Onde não há opiniões expostas,da parte dele... Sendo assim uma análise.
    "Parece perfeito e atual..." Como vimos a respeito da crítica literária nessa frase o autor exalta positivamente a obra de Vinícius de Morais. Diferente da segunda frase onde ele não expõe seu ponto de vista.

    ResponderExcluir
  23. A análise literária é tudo que se diz a respeito de uma obra, sem atribuir valores à mesma. Em uma análise o autor analisa a obra, porém não se posiciona declarando, por exemplo, se a obra é boa ou ruim, se é do seu gosto ou não.
    Em contraposição à análise literária, existe a crítica literária. A crítica não é necessariamente uma coisa negativa, pode apresentar algo positivo também. Mas para que seja uma "crítica literária" o autor tem que, obrigatoriamente, atribuir valores à obra, apresentando sua opinião em relação à mesma.
    No texto 1, de acordo com as definições apresentadas acima, o autor faz uma crítica literária, pois utiliza termos como, "umas das mais belas páginas da nossa literatura", "perfeito e atual", "grandiosidade" e outros. Os termos usados pelo autor deixam clara a presença de características da crítica literária, que são os valores atribuídos à obra e a exposição de sua opinião. Já no texto 2, faz-se uma análise literária, pois não apresenta a atribuição de valores nem a opinião do autor. O autor analisa a obra apresentando apenas do que ele trata, por exemplo, quando diz: "trata da dedicação sem medida ao amor puro e sem mácula".
    Conclui-se que o autor faz uma crítica literária no texto 1 por atribuir valores à obra. E no texto 2 faz uma análise literária, por falar apenas da obra em si e não opinar em relação à mesma.

    Estudante: Thaís Fernanda Barboza Silva
    Letras II Período

    ResponderExcluir