22 de abril de 2018

ELEIÇÕES 2018


SITUAÇÃO X OPOSIÇÃO 
Admmauro Gommes

A situação é muito complicada no Brasil 
Pior: é que pode ainda mais se complicar. 
Mesmo quem não tem fé, comece a rezar. 



16 de abril de 2018

DE MÃOS DADAS PELA PAZ

              Admmauro Gommes

A paz está em mim 
mas deve ser coletiva 
tem asas da liberdade 
repousa serenidade 
a mente sempre ativa. 

Não é uma coisa externa 
não vem de outro lugar 
existe dentro da gente 
em luta constantemente. 
É terra pra conquistar. 

De mãos dadas caminhamos 
para o encontro da paz 
como dois apaixonados 
palmilhando lado a lado 
por sentimentos iguais. 

Está em mim, em você. 
Não procure uma saída 
na droga e na mentira 
que a falsidade inspira. 
Da paz depende a vida. 



17 de março de 2018

INCÊNDIO


Admmauro Gommes

Escrevendo por capricho
tracei de amante um plano
mas por um grande engano
joguei na lata de lixo.

E sem prestar atenção
provoquei fogo na escrita
tanta palavra bonita
se transformou em carvão.

A vida é mesmo assim
um dia, sonho encantado
no outro, tudo queimado.
Fiz um incêndio em mim.



11 de março de 2018

BODAS DE ERVA

      Admmauro Gommes

 
Faço bodas de erva. 
Provando do mesmo aroma 
por quase três décadas 
agucei o olfato por lawanda 
entre oréganos e 
daqui a pouco é pérola 
prata, de amante 
entre uma salsa e outra 
destaco a pimenta de todos os pratos 
salpicados de alecrins 
e aromas mediterrâneos. 

Um verdadeiro amor ama por dois 
e se o outro se esquece, ele permanece 
como imortal aroma das essências. 

Amo-te com o infinito de minhas forças 
e enquanto houver vida
haverá minha veneração 
e a minha total dependência. 

Não é um amor feito de carne 
nem dela precisa para ser amor 
sobrevive das fagulhas e dos lampejos  
que vertem dos olhos da amada. 
Não exige nada em troca 
nada que se corrompe ou se estraga. 

Palmares, 11 de março de 2018



7 de março de 2018

DIA INTERNACIONAL DA MULHER


A MULHER DO FUTURO
(por Admmauro Gommes)

Para a mulher do futuro 
desejo muito presente. 
Que colha o fruto dos filhos 
e viva alegremente 
com a sua inteligência 
domine os continentes. 

Plante sonhos, faça mais   
espalhe perfume e flores 
encha a vida de amores 
leve a bandeira da paz. 

Que tenha muita esperança 
e viva um amor profundo 
a luz que lhe ilumina 
possa iluminar o mundo. 

Espero que tenha força 
pra guiar a humanidade 
precisamos de você 
além de amor e saudade. 

Vá na raça, vá na frente 
derrube os falsos muros 
desejo muito presente 
para a mulher do futuro. 


3 de março de 2018

TUDO QUE TENHO

poema de Admmauro Gommes

Sei que não possuo tudo 
quanto desejo ou queria  
mas tenho muito motivo 
para abrir o meu dia 
num elegante sorriso. 

Rir por mim. Rir de mim. 

Rir baixinho como louco 
que descobriu a loucura  
de quem pode ser feliz 
mesmo tendo muito pouco. 

Gargalhar das topadas que levei 
das provas onde errei 
de tudo que eu não sei 
das burradas que eu dei 
e do momento contrário. 
(Talvez o que não detenho 
nem seja tão necessário). 

O que me falta 
não pode ser bom ou ruim 
não me permito sofrer 
pelo que não há em mim. 

Meu tesouro é esperança 
minha fortuna é a alegria. 
Se eu quiser
invento um sorriso novo 
e digo pra mim: Sorria! 

Aí, o mundo se abre 
como acácia no jardim. 
Descobri um pouco tarde 
que a grande felicidade 
pode estar dentro de mim. 

24 de fevereiro de 2018

VIDA PRESSA NÃO TEM BOA

Admmauro Gommes 

 
A vida é para ser degustada, provada 
antes de consumida. 
Não vá com muita sede ao pote 
nem à porta de saída 
da vida. 

Descanse para correr 
depois, corra para descansar. 

Quem muito tem, muito perderá. 

Não se esqueça de se esquecer 
o que você não quer lembrar. 

Tenha paciência 
não se incomode com o vento 
é preciso ter sonhos, é preciso ter tempo 
para viver um dia de cada vez 
e várias vezes em cada dia. 

Sorria! 
A vida não é feita só de sorrisos 
mas seja sempre criativo 
mesmo quando estiver por um triz 
sob trovões e tempestades 
invente uma qualquer felicidade 
para viver a aventura de ser feliz. 

Fuja do barulho das máquinas 
da pressa desenfreada 
da fumaça e do stress 
que causam problemas tantos. 
“Olhai os lírios do campo...”



1 de fevereiro de 2018

ONDE QUERES

                        (Como querer caetanear)
Admmauro Gommes
   
Onde queres verdade, sou mentira 
Onde queres a lira, sou espada 
Onde queres a quadra, redondilha  
E onde queres o tudo, não sou nada 
Eu te faço o bem, o bem é mal 
Por querer amar o amor não quis 
Onde queres espinho, flor de lis  
E onde queres montanha, litoral. 



31 de janeiro de 2018

SOM DAS ORQUÍDEAS

Admmauro Gommes
 
O som que vem das orquídeas 
galopa ninhos de pássaros 
percorre campinas nuas 
vales desvalidos 
e desadormece os sorrisos 
encantados no nylon da última estação. 
Tudo isso acontece 
porque flores de plástico brotaram 
da escuridão de tua ausência. 



29 de janeiro de 2018

VÍDEOS DE LITERATURA

Assista aos vídeos

A HIPERMETAFORIZAÇÃO DO LITERÁRIO em



NERVOS DE AÇO - POEMA DE LUPICÍNIO RODRIGUES 
comentado por ADMMAURO GOMMES



TERNURA de VINÍCIUS DE MORAES



ADMMAURO GOMMES RECITA
DOIS POEMAS DE MURILO MENDES



DOIS MORCEGOS
POEMAS DE AUGUSTO DOS ANJOS E DE ADMMAURO GOMMES




6 de dezembro de 2017

ADMMAURO GOMMES E VILMAR CARVALHO PUBLICAM, HOJE, SUAS OBRAS NA FAMASUL


Dois autores com mais de três décadas de produção literária publicam, na Famasul, duas de suas obras: Vilmar Carvalho (Ocidente tardio) e Admmauro Gommes (Teoria da poesia absoluta).

Vilmar Carvalho faz uma importante seleção de textos poéticos produzidos nos últimos anos. Esse consagrado autor, que domina muito bem a técnica da poesia contemporânea, edita sua mais nova produção, nesta quarta-feira. No mesmo espaço e ao mesmo tempo, Admmauro Gommes lança seu novo livro. A obra reúne todo conhecimento aprendido e ensinado e aplicado nas aulas de teoria da literatura, em 25 anos em contato com o fazer literário, na Famasul, e tem como foco investigar o fenômeno da criação poética.

São duas obras fundamentais para o conhecimento da poesia pernambucana na atualidade. Os lançamentos têm início a partir das 19h40 de hoje, na Biblioteca Ascenso Ferreira, na Famasul, em Palmares/PE.







5 de dezembro de 2017

A POESIA ABSOLUTA VAI MAIS ALÉM

Yasmim Taynara Cruz dos Santos
(IV período de Letras/FAMASUL. 2017.2)

Sempre comentavam sobre Vital na faculdade e fiquei curiosa para conhecer o trabalho desse homem de quem tanto se falavam. Quando soube do que se tratava, fiquei sem entender o porquê de uma pessoa criar um poema para ninguém compreender. Enfim, chegou o dia em que acontece a palestra de VCA e entro na sala justamente para ver o que o próprio criador dessa arte que causa tanta estranheza em seus leitores iria falar sobre ela.
Em poucos minutos de sua palestra, fiquei fascinada com cada palavra que ele falava. Com uma visão de mundo tão diferente e de vasto conhecimento. Era como se tivesse passando um filme em minha cabeça. Surgiram muitas dúvidas, mas a maioria delas não conseguir expor, pois me senti intimidada no meio de tantos intelectuais. Quando ele começou a falar sobre a poesia absoluta e sua relação com o cérebro humano, consegui entender que não se tratava de um simples poema, com palavras aleatórias, mas de um mecanismo vital para expandir a capacidade do nosso cérebro pois, como ele falou, “nós somos tão acostumados a ler coisas de fácil compreensão que acabamos não estimulando nosso cérebro a pensar, deixando-o acomodado e estacionado”.
A poesia absoluta tende a essa provocação. Vai muito mais além do que um raciocínio lógico. Posso dizer que está mais para um enigma ilógico. E, diante dessas informações, foi como se um botão fosse acionado no meu cérebro, me permitindo perceber a capacidade que eu tinha, aliás, que nós seres humanos temos de fazer coisas extraordinárias.
Naquele momento, me senti diferente, com vontade de aprender mais. Mas, não da maneira fácil e sim da maneira mais difícil possível. Eu almejava desafiar o meu cérebro do modo mais complexo e descobrir do que ele é capaz. Bateu-me uma euforia. Minhas mãos suavam, meu coração acelerava. Em outras palestras, eu olhava umas vinte vezes a hora, no celular. Nessa, não.
Da faculdade para minha casa é uma hora de viagem. Para mim, foi como se tivessem passados uns quinze minutos, pois minha cabeça estava processando tanta informação que meu juízo começou a doer (não era dor de cabeça) eu tentava relaxar, me acalmar, vi a hora ter um ataque cardíaco ou um AVC.
Pode até parecer exagero, mas foi o que realmente eu estava sentindo naquele momento. O que eu posso dizer é que a poesia absoluta não é para qualquer leitor, mas para leitores especiais com o nível avançado do intelecto, não para compreendê-la, porém para dar a si mesmo uma razão para ir mais além.
VCA